Return to site

FLUP - Festa Literária das Periferias

· Cultura,Cases,Serviços Produtores,Leis de incentivo,Notícias

No mercado desde 2004, a JLeiva Cultura & Esporte logo se consolidou como referência no meio cultural pelo trabalho desenvolvido para empresas e instituições interessadas em apoiar, via leis de incentivo, projetos na área. Ampliar a atuação junto a produtores sempre foi um desejo da consultoria, que, em 2016, criou um setor para oferecer serviços voltados exclusivamente a esse público. E a FLUP (Festa Literária das Periferias) tem tudo a ver com essa história.

A nova área de atendimento é comandado por Joanna Savaglia, que já havia trabalhado na JLeiva entre 2005 e 2011, quando deixou a consultoria para estabelecer parcerias com diferentes projetos culturais. Uma de suas principais experiências foi justamente a FLUP, que ajudou a formatar.
 
Em 2011, Joanna conheceu Ecio Salles e Julio Ludemir. Os dois desejavam criar uma festa literária nos moldes na Flip (Festa Literária Internacional de Paraty), mas que fosse realizada em comunidades do Rio de Janeiro e com foco na formação de leitores e autores.

O conceito estava desenhado na cabeça de ambos, porém, havia um entrave: eles não tinham qualquer experiência com leis de incentivo e não sabiam como tirar o projeto do papel. “Eu me apaixonei pela ideia e decidi ajudá-los a formatar e captar recursos para o projeto”, conta Joanna.

 
A FLUP teve sua primeira edição em 2012, no Morro dos Prazeres, com patrocínio de instituições como BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Vale, Petrobrás e Itaú. Desde então, a festa anual já passou pelas comunidades da Mangueira, Babilônia, Cidade de Deus, Vigário Geral e Vidigal, e se consolidou graças ao caráter inovador, que rendeu prêmios como “Faz Diferença 2013”, oferecido pelo jornal O Globo, e “London Book Fair 2016”.

"Antes da FLUP, realizamos uma gincana com escolas públicas que trabalha a formação de leitores. Também temos um trabalho de formação de autores que resultou em mais de 15 livros de 100 escritores diferentes", explica Joanna Savaglia, da JLeiva.

 
“Todos os anos, antes da FLUP, realizamos uma gincana com escolas públicas que trabalha a formação de leitores, denominada FLUP Parque. Também temos um trabalho de formação de autores que resultou em mais de 15 livros de 100 escritores diferentes. Além disso, estamos sempre atentos e incorporamos novos formatos, como saraus e slam (interpretação de poesias)”, destaca.
 
Ao retornar à JLeiva, em 2016, Joanna valeu-se do know-how que adquiriu quando esteve “do outro lado do balcão” para implantar na consultoria uma área de atendimento específica para produtores de ações culturais e esportivas. “O principal ganho foi que aprendi a olhar para o setor do ponto de vista do produtor e a entender suas necessidades”, explica.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly