Return to site

Pesquisa revela que público de artes cênicas tem potencial para mais que dobrar em SP

· Cultura,Artes Cênicas,São Paulo

A pesquisa Cultura em SP, que ouviu quase 8 mil pessoas em 21 cidades paulistas, mostra que o público dos espetáculos de teatro, dança e circo tem potencial para mais que dobrar no estado. O levantamento foi realizado pelo Instituto Datafolha sob encomenda da JLeiva Cultura & Esporte e os resultados relativos às artes cênicas serão apresentados em um seminário na capital paulista no próximo dia 27 de abril (mais informações abaixo). O evento é organizado pela JLeiva e pela SP Escola de Teatro.

Para avaliar as possibilidades de crescimento das plateias no estado, a pesquisa mediu o público atual dos espetáculos de teatro, dança e circo e comparou com o público potencial dessas atrações. O público atual corresponde ao percentual de entrevistados que disseram ter frequentado esses espetáculos no último ano. O público potencial é o percentual de respondentes que disseram ter interesse por teatro, dança ou circo, mas que, por algum motivo, não realizaram essas atividades culturais nos 12 meses precedentes. Foram incluídos neste grupo aqueles que, em uma escala de 0 a 10, deram notas de 6 a 10 para qualificar seu interesse por espetáculos de artes cênicas.
No caso do teatro, o público atual (28% dos entrevistados) é igual ao público potencial. Ou seja: as plateias das peças no estado poderiam dobrar de tamanho caso todos aqueles que declararam ter algum interesse decidissem de fato frequentar teatros. As possibilidades de expansão são ainda maiores em relação a dança e circo. O público atual de espetáculos de dança é de 19%, e o potencial, de 25%. No caso do circo, os números são 16% e 29%, respectivamente.
A pesquisa também revelou o perfil do público que frequenta espetáculos de artes cênicas no estado de São Paulo. De acordo com o levantamento, quem mais vai ao teatro e a espetáculos de dança são mulheres paulistanas jovens (de 16 a 24 anos), sem filhos, com ensino médio completo e pertencentes às classes A e B. No caso do circo, o padrão é quase o mesmo, com a diferença que a maior parte do público se concentra em uma faixa etária um pouco mais alta (de 25 a 34 anos).
Estes e muitos outros dados serão apresentados no seminário organizado pela JLeiva e pela SP Escola de Teatro no dia 27 de abril. O evento acontece das 10h às 18h no espaço da escola, localizado na Praça Roosevelt, 210, no Centro de São Paulo. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no endereço eletrônico www.jleiva.com.br/teatro.
A pesquisa Cultura em SP foi realizada com patrocínio do Grupo CCR, Sabesp e Oi, obtidos pelas Leis Rouanet e Proac, e apoio cultural do SESC-SP e da Secretaria de Estado da Cultura.
SEMINÁRIO CULTURA EM SP – ARTES CÊNICAS
Data: 27 de abril
Local: SP Escola de Teatro, Praça Roosevelt, 210, Centro
Horário: 10h às 18h
Inscrição gratuita
10h-10h30 – Credenciamento
10h30-12h – Mesa 1
Uso do tempo livre e prática de atividades culturais. As artes cênicas em comparação com cinema, música e museus. A importância de educação e renda para o acesso a espetáculos de teatro, dança e circo
Debatedores:
Ivam Cabral (SP Escola de Teatro)
Tadeu de Souza (Funarte)
Hugo Possolo (Parlapatões)
12h-14h – Almoço (livre)
14h-15h30 – Mesa 2
Perfil do frequentador de teatro, circo e dança. O que afasta o público dos espetáculos?Quais os gêneros preferidos?
Debatedores:
Paulo Pélico (Associação de Produtores Teatrais Independentes)
Bel Toledo (Cooperativa Brasileira de Circo)
João Leiva (JLeiva Cultura & Esporte)
16h-17h30 – Mesa 3
Qual o perfil do público na capital? Como ele varia entre as regiões da cidade? Qual o seu potencial de crescimento? Qual o impacto das novas tecnologias sobre a produção?
Debatedores:
Iracity Cardoso (Balé da Cidade)
Rudifran Pompeu (Cooperativa Paulista de Teatro)
Luis Antonio Giron (TV Cultura)
17h30-18h – Bate-papo

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly